quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Egotrip

Em homenagem a César Borralho, Tadeu Bicalho, Patricia Luzio, Felipe de Holanda, Lucia Tugeiro, Margarete e Nel Maia, Ana Cristina e Kátia França   


A vida pode ser bem mais que ego, disputa e competição,
mas não se sabe bem ao certo com que armas vai se lutar,
se arma para lutar, defender, atacar,
não precisa ser assim,
a vida pode ser bem mais bela que disputa e competição.
Vai dizer para o ego que ele não deve se armar!!!
Diz para ele não se defender de outros egos dispostos a sempre atacarem,
conta a história e ele te explica porque ficou tão grande,
vai buscar nas reminiscência da vida as estratégias de defesa,
deixa ele narrar como se faz para se armar, sobreviver e lutar
porque todo mundo ataca quem tem ego grande,
mas não se respeita quem tem ego pequeno,
os egos estão sempre em conflitos, por isso disputam tanto,
mas o certo é que na vida agente se cansa de tanto lutar,
há mais beleza em amar, não em ARMAR,
tira o R e fica igual,
com o R que sai vamos escrever REAMAR,
amar quantas vezes forem necessárias,
para todos os egos saberem enfim,
que amar-amar é melhor que ARMAR
e porque a vida pode ser mais bem mais que ego, disputa e competição,
Chega!!!! Esse ego grande eu não quero mais não,
vou baixar as armas, deixar-me levar então,
talvez para um lugar onde eu não precise lutar tanto assim,
um lugar que ao invés de lutar tanto a gente só precise AMAR um pouco mais


  

   

2 comentários:

  1. Talvez o amor seja o unico sentimento que consiga vencer a briga de egos! Bela Poesia!

    ResponderExcluir
  2. Prezado anônimo, eu estou plenamente convencido disso. cada vez mais. abraços

    ResponderExcluir